sexta-feira, janeiro 20, 2006

Para sempre HOJE serei Lídia

Hoje quis sentir-me Lídia,a Lídia do Ricardo Reis A Lídia que senta à beira do rio,a Lídia confidente, A pagã inocente da decadência, Lídia. Segue abaixo a seleção de Odes deste heterônimo de Fernando Pessoa que tanto me agrada. Para que eu, com os pés no chão, Sonhe em tocar o céu e (por instantes:sentir-me Lídia.

3 comentários:

Anônimo disse...

Quer ser a Lídia? do DM? rsrsrsrsrs

Jornalillian disse...

Vai ler Ricardo Reis ou anônimo do DM...rsrsrs

Lillian

Jornalillian disse...

Muito embora eu adore a Lídia!